2 de dez de 2012

She Will Be Loved - Capitulo Seis.


E foi ai que a fixa caiu


Eu estava em uma casa com vários vampiros que poderiam me morder a qualquer instante.



- Olha Amy, antes que você pense que vamos te morder, isso não vai rolar - Ryan disse colocando as mãos para cima



Ele está blefando Amy, não deixe eles te enganarem, eles só querem o seu sangue, corra.



- Não Amy, não corra, não é anda disso! - Ryan disse cauteloso 


- P-Por favor, não tome todo o meu sangue - implorei 



E eles começaram a gargalhar, e eu fiquei com uma cara de idiota.



- Não vamos te sugar - Caitlin disse rindo - somos vegetarianos, só sugamos o sangue de animais 



- Então vocês foram matar animais inofensivos? - perguntei incrédula.



E a coisa só piorava, eu estava em uma casa cheia de vampiros que matam animais inofensivos.



Corra Amy.



- Não Amy, não corra - Ryan disse me segurando - tem como parar de pensar isso? você só pensa "corra, corra" ta ficando repetitivo de mais - bufou



Tem um vampiro me segurando,lendo meus pensamentos e mandando eu não correr.


Corra Amy, corra!



- Tudo bem - ele me soltou - se quer correr, pode correr



Não corra Amy, ele está blefando, se você correr ele vai ir atrás de você, vai pular em você e vai acabar com o regime vegetariano dele.



Tudo bem, eu estou confusa!



- Para com isso Amy, nós não vamos te morder - bufou e se jogou no sofá - só o Justin - falou o final baixo mas eu escutei




Harry entrou na sala com um copo de água, do nada seu olho ficou vermelho e depois o copo caiu no chão.



- Harry! - Caitlin e Ryan gritaram indo rapidamente até ele


- Os Adams, eles descobriram - disse com os olhos arregalados




[....]



E agora, aqui estou eu de novo trancada no quarto em quanto eles estão tendo uma reunião com a Trina.



Que vida chata. 



E então a porta se abriu e quem eu menos queria que fosse, entrou em meu quarto sorrindo e fechando a porta.



- Eai pirralha?



- J-Justin - gaguejei - pera ai 



Me levantei correndo e fui para o closet, enrolei um cachecol no meu pescoço e voltei para o quarto, ele estava sentado na minha cama encarando o nada.


- Pra que esse cachecol? - perguntou com uma careta no rosto


- B-Bom, eu estou com frio, é isso - tentei mentir


- Senta aqui - bateu do lado dele 




Sentei um pouco afastada, ele se aproximou e eu pulei pra um pouco mais longe, até ele começar a gargalhar.



- Eu não acredito - dizia entre risadas - você está com medo que eu te morda? - gargalhava - pode tirar esse cachecol e sentar mais perto de mim, eu não vou te morder.



Com um pouco de medo tirei o cachecol e me sentei um pouco mais perto. Ele revirou os olhos e sentou ao meu lado bem colado a mim.



- Pronto, viu? não é tão ruim - riu fraco


- O que faz aqui? - perguntei


- Vim te fazer companhia - deu os ombros - aquela reunião está chata - bufou e se deitou na cama - o que acha de um filme?


- Tudo menos filme de vampiro e terror 




Ele gargalhou e mexeu a cabeça positivamente. 



- Eu já volto - correu para fora do quarto



E em cinco segundos já estava de volta.



- Que tal o ultimo filme de Harry Potter? - perguntou segurando o DVD na mão



- Pode ser 




Ele colocou no DVD e ligou a TV, me encarou e sorriu, me afastou um pouco me fazendo deitar e se deitou ao meu lado me abraçando.



Ele era frio, diferente de Zayn.



- J-Justin, ta muito frio - reclamei


- Oh, desculpa, eu me esqueci - sorriu fraco e puxou a coberta, voltando a me abraçar, mas dessa vez estava quentinho



O filme havia começado e eu não estava prestando atenção, estava pensando em tudo o que tem ao meu redor, vampiros me assustam.


Amy? - Justin me chamou 



Opa, ele me chamou de Amy pela segunda vez, isso é bom ou ruim?



Levantei minha cabeça para encara-lo e pude sentir sua respiração, ele sorriu e me deu um selinho.



- Você é linda - me deu outro selinho e eu corei o fazendo gargalhar - vem aqui pirralhinha 



Segurou em meu rosto e me beijou.



Seu beijo era quente, diferente do resto de seu corpo. Ele estava sendo cauteloso e o beijo estava sendo um tanto romântico, até que nossos lábios se soltaram por falta de ar e encaramos a TV com vergonha.




Alguém bateu na porta e sem esperar abriram rapidamente. Era Chaz, que assim que viu lançou um sorriso malicioso.


- Duas vezes? hmmmmmm - comentou e eu corei


- Fala logo o que quer, viado - disse Justin


- Trina quer falar com você - deu os ombros - mas parece que está melhor ai .... - maliciou



Justin tacou um travesseiro nele, e Chaz apenas gargalhou e saiu do quarto.



- Eu tenho que ir, mas volto rápido - me deu um selinho e saiu para fora do quarto



Porque ele estava sendo tão fofo comigo? 


2 comentários:

  1. awn que fofos, continua?
    ~~leticia

    ResponderExcluir
  2. LINDO, MARAVILHOSO, MELHOR IB DO MUNDO, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH *---*

    ResponderExcluir