8 de dez de 2012

She Will Be Loved - Capitulo Oito.

E dois dias se passaram. Justin está realmente muito estranho, ele não é mais aquele Justin que me chamava de pirralha, porém ainda usa esse termo para se referir a mim as vezes, mas em um tom mais fofo.


E as perguntas não saem da minha cabeça, o que fizeram com ele?



- Amy? - sua voz rouca me chamou - está tudo bem? - perguntou se debruçando ao meu lado na janela do "nosso" quarto.


- Sim - sorri fraco



Ele abaixou a cabeça e negou sozinho, veio até mim e me abraçou de lado continuando a olhar para baixo.



- Olha, eu sei que é dificil ta? - ele começou - mas por favor, tente não ficar pensando muito, só esperar um tempo e tudo vai se esclarecer - beijou minha bochecha


- Justin isso é confuso! - explodi - você era um idiota e depois ficou todo fofo comigo? qual é? 


- As coisas mudam Amy! - disse sério e me soltou me encarando - acha que eu escolhi me apaixonar por uma pirralha? - riu debochado - é claro que não! - gritou - eu não queria isso!



Meus olhos se encheram de lágrima, então ele não queria estar comigo? não gostava de mim? só estava fazendo isso por ser o tal "escolhido"?  Ótimo, e você Amy, que pensou que ele poderia ter mudado...



- Amy não é isso - seu olhar vacilou


- Eu te odeio Bieber - declarei e depois sai dali correndo 



Desci as escadas correndo e entrei em um pequeno corredor indo até a ultima porta, onde se encontrava o porão e me tranquei ali.



Sentei no chão e abracei meus joelhos me debulhando em lágrimas. Até sentir que precisava de alguém, alguém que me confortasse.



Peguei meu celular e disquei o numero para a minha mãe. Eu sei que parecia irônico da minha parte já que ninguém la em casa se dava bem, e até hoje eu não senti falta deles. Mas amor de mãe quando se precisa é o melhor.


Mas infelizmente ela não atendeu, e uma voz soou dizendo que esse telefone não existe mais. Então ela trocou de numero e nem se preocupou em me mandar uma sms me avisando qual era o novo?



E foi ai que eu me senti perdida. Se eu não tenho nem a minha mãe, que me carregou por 9 meses em sua barriga, quem eu tinha? Eu era uma solitária no mundo.



Até meus olhos brilharem com a esperança ao lembrar de dois nomes: Ryan e Zayn.



Disquei rapidamente o numero de Ryan mas deu na caixa postal. Estava quase desistindo quando liguei para Zayn e ele atendeu rapidamente.



- Baixinha! que saudades! - disse feliz 


E um soluço foi escapado de minha garganta.


- Amy? está tudo bem? o que aconteceu? - disse preocupado


E então as lágrimas me dominaram novamente.



- P-Por fa-avor Zayn, me tira daqui! - disse desesperada


- Aonde esta o Justin?


- Não quero saber, é dele que eu quero fugir! não aguento nem mais um momento com ele, por favor Zayn me tira dessa - implorei 


- Me desculpa Amy - sua voz vacilou - vou falar com a Trina e ver o que eu posso fazer tudo bem?


- Rapido por favor ... - implorei


- Fica bem baixinha - e depois desligou o celular.




Algumas horas depois abri os olhos e notei que ainda estava no porão, eu tinha dormido ali.


Me levantei e sai dali subindo as escadas e indo para o quarto, entrei no banheiro e tomei um banho para ver se aquela cara inchada saia.


Não vi Justin em nenhum momento, e depois do banho me troquei e desci para a cozinha onde só encontrei Joaquim e Joana.


Ele se encontrava sentado lendo jornal e comendo uma banana. Em quanto Joana tirava bolinhos do forno.



- Querida, aonde esteve o dia todo? - perguntou sorrindo e eu me sentei


- Dormindo - respondi sorrindo 


- Quer bolinhos de chocolate? - perguntou me oferecendo e eu peguei um - está bom?


- Uma delícia!



E então Justin entrou na cozinha apenas de calça de moletom mexendo no cabelo, com o rosto inchado, se eu não o conhecesse diria que estava chorando, mas qual é, Justin é um cachorro, não chora!


Ele me encarou com um olhar triste e abaixou a cabeça se sentando na minha frente.


- Está tudo bem Justin? - Joaquim perguntou


- Sim - respondeu sorrindo fraco


- Fiz seus bolinhos preferidos Justin - disse Joana levando a travessa até ele


- Você é a melhor! - disse com os olhos brilhando pegando um bolinho 



Comi em silêncio e sai da cozinha depois, fui até a varanda e me sentei em uma cadeira de balança observando o pouco movimento da vila.


Vi um garoto muito bonito sorrir e se aproximar, subiu as escadinhas e se sentou ao meu lado.



- Olá, sou Jonathan - se apresentou - você é nova aqui? não parece uma vampira 



Todos ali eram vampiros


- Eu não sou - respondi - meu nome é Amy


- Oh, Amy! Eu sei quem é você - sorriu - a garota do Bieber - riu fraco


- Oh não, não sou nada dele - declarei 


- Sim, ela é a minha garota, pode se retirar Jonathan? não queremos problemas - a sua voz rouca soou atrás de mim


- Eu acho que você deveria ficar John, você me parece tão legal - disse para provocar


- Acho melhor eu ir em bora, não quero problemas - beijou minha bochecha - até depois! - e saiu correndo na velocidade de um carro


- Você está ficando louco? - perguntei brava quando Justin se sentou ao meu lado - quando eu faço um amigo você o expulsa, vai se ferrar! - disse totalmente com raiva e ele riu


- Você fica tão linda com raiva - provocou chegando perto


- E você fica tão lindo bem longe de mim, pode fazer esse favor? - disse irônica  e ele riu 



Se aproximou com a cadeira e pegou em minha mão me fazendo o encarar, passou a lingua nos lábios e começou a falar.



- Escuta, eu não queria ter falado nada da quilo ta legal? não me arrependo de ter sido o escolhido, todos os vampiros do mundo gostariam de ser o escolhido se a garota protegida fosse você! Você é incrível Amy, não queria te deixar triste, só estava com raiva, me desculpa? - ele parecia sincero 



Ele disse que eu sou incrível.



- Pode me responder?- riu fraco e eu sorri em resposta me aproximando de seu rosto


- Sim - o beijei com agilidade 


- WOW, vai com calma ai Amyzinha - uma voz conhecida disse entrando na varanda


- ZAYN! - gritei e corri indo o abraçar 


- Bieber está nos encarando e não é com um dos melhores olhares - sussurrou em meu ouvido e eu ri 


Senti uma mão na minha cintura e fui puxada, batendo meu corpo contra o de Justin que estava por trás de mim.


- Calma ai amigão! - disse Zayn rindo


- O que faz aqui? - Justin perguntou


- Trina achou melhor eu ficar aqui, porque como hoje, vocês vão ter várias brigas e ela não quer que ninguém fuja ou fique trancada no porão o dia inteiro chorando - me encarou e Justin suspirou


- Ta tudo bem Zayn - eu disse 


- Que tal vocês irem caçar? - Zayn disse para Justin


- Sozinho? ta ficando louco Zayn? - Justin disse 


- Ryan ta ai seu mané - explicou 



E Justin correu lá pra dentro gritando


- Ryan vamos caçar! 



Zayn riu e veio me abraçar


- Ei baixinha, vamos assistir um filme comendo pizza? - sugeriu 


- Porque não vai caçar? - perguntei


- Sou um vampiro diferente - piscou e eu revirei os olhos entendendo que ele não podia me contar e bla bla bla, o fazendo rir - relaxa, amanha tudo vai mudar!



O que ele quis dizer com tudo vai mudar?




------------------------


AVISO IMPORTANTE!


Quero agradecer aos 5 comentários maravilhosos que recebi. Mas como no blog tenho 27 seguidores acho que mereço mais né?


Galera vocês nem precisam logar para comentar, só comenta em anonimo e coloca seu nome em baixo como algumas fazem!


Blueandpink: sua pergunta está um pouco respondida com esse capitulo hein? hahahaha


Agora quero falar de outra coisa, Gaby me perguntou sobre a outra FIC, eu estou tão empolgada com essa aqui que esqueci de postar na outra. Mas eu já escrevi uma boa parte da outra, então hoje, ou amanhã eu já posto um próximo capitulo de LIAB ok?


Estou escrevendo outra FIC, ainda não tem um nome certo, mas provavelmente se chamara "Amando o Pequeno Tempo" em inglês hahaha. Não tem nada dessas coisas de vampiro ou famosos, mas tem psicopatas kakakakaka. Espero que gostem quando eu começar a postar.




7 comentários para o próximo capitulo, ou nada! BEIJOOOOOOOOOOOOOOS


6 comentários:

  1. Awww que fofo o Justin chorando por ela. E por que sera que o Zayn falou isso para a Amy? OMG Sera que o Justin vai transformar ela? AAAAAAAAAAA que tudo continue logos em. Bjoss

    ResponderExcluir
  2. Gente eu to morrendo por dentro! Eu quero ser a Amy! Cara você juntou duas coisas que eu amo! Justin e Vampiro! Porra to muito feliz! kk' Sério e eu concordo com você merece muito mais que 5 comentários! Eu amo a suas Fic's, eu amo você! *-*

    ResponderExcluir
  3. awn kra ta muito perfeito seu imagine, o mais perfeito de todos, nossa to muito viciada nesse imagine hahahahahaha mas sério, ta perfeito! continua logo :c e eu vou me identificar como Gabi :3 ta perfeito, mais uma vez haha

    ResponderExcluir
  4. Perfeitooo *---------* Continua .. *------*

    Bý: @BeehLuiiza

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE PERFEITO, ZAYN È DIFERENTE,BITCH PLEASE! HAHAHAHHAA AMEI AMEI AMEI, e psicopatas? OXEEEE ANSIOSA COM O PROXIMO CAP E COM A NOVA FIC UUUUUUUUI
    --leticia

    ResponderExcluir
  6. Sim, a minha pergunta está repondida :D. Amei o capitulo!! "Justin é um cachorro, não chora!" curti demais kkkkk. Eu sei que o Bieber não quis dizer aquelas coisa, mas ele pegou pesado demais, foi involuntário, mas ele tem que pensar antes de falar, ter o minimo de bom senso. Mas pelo menos ele pediu desculpas, isso é um começo. Por que ela foi tão fraca? Devia ter se feito de difícil. O Justin é um mané, ele ficou com ciúmes da Amy com o Zayn, qual é o problema de abraça-la? Agora só ele pode porque a Amy é "a garota dele"? Como eu disse ele tem que ter o minimo de bom senso. Eu adoro o Zayn, eu só não entendi porque o Ryan também foi. O Zayn é para fazer companhia a Amy e o Ryan ao Justin quando eles brigarem? O Justin ter ciúmes do Jonathan ainda é aceitável, mas do Zayn eu não vejo motivo concreto. Eu acho que o Zayn expulsou o Bieber de casa, praticamente o obrigou a caçar. Estou muito ansiosa para o próximo.

    ResponderExcluir