11 de dez de 2012

Loving The Small Time - Capitulo Dois.


- Toronto, aqui estamos nós! - gritou Travis assim que chegamos no aeroporto


- Para de ser idiota - o empurrei


- Ai, sua louca! - reclamou


- Travis tem como ajudar a sua irmã com as malas? - pediu mamãe e eu sorri sínica 


- Claro, irmãzinha - sorriu irônico e pegou minhas malas me ajudando


- Vovó ligou e disse que tio Dimas já está com o carro ai fora nos esperando - avisou mamãe



Fomos andando até a saida do aeroporto, eu estava com uma mochila nas costas dando a mão para Jessie que levava uma mochilinha com ela. Em quanto mamãe e Travis levavam as demais malas.



- Quanto tempo galerinha! - disse tio Dimas assim que nos viu



Depois de todos os cumprimentos, colocamos as malas no porta-malas e entramos no carro e tio Dimas dirigiu até a fazendo a vovó.



- Queridos! - disse a vovó assim que nos viu chegando se aproximando


- Vovó! - Jessie disse correndo até ela



Eu e Travis com a ajuda de tio Dimas fomos tirando as malas do carro.



- Como vocês estão grandinhos! - vovó disse se aproximando 



A abraçamos e depois fomos levando nossas coisas para dentro da casa. Vovô estava deitado no sofá e fomos até lá para matar as saudades. Depois fomos para um se instalando em seus devidos quartos.



- Eai, cadê o resto? - perguntei quanto estávamos na sala


- Só eu não ta bom? um tio sexy desse não basta? - tio Dimas disse e caímos na gargalhada - Ellen foi no centro comercial com seus primos e daqui apouco estão aqui. - piscou


- Morgan vai vir com Luana e Lizzie - pronunciou vovó



E então o silêncio reinou.



O negócio é o seguinte, vovó é cheia dos filhos. Todos os tios, primos e etc... se dão bem. Menos com a tia Morgan e sua filha Luana. Apenas nos damos bem com Lizzie, mais ninguém.



Morgan é louca, psicopata! Quando menor colocou fogo na cozinha trancando minha mãe lá e por pouco ela não morreu, depois disso foi internada em uma clinica de loucos. Dês de então mamãe odeia ela e consequentemente eu, Travis e até a pequena Jessie que não sabe da história também a odeia.


Vovó diz que Morgan mudou, mas ninguém acredita, ela fez mal a todos, e na frente da sua mãe - minha vó - se faz de santa, de "curada". Nem mesmo seu pai - meu avô - acredita nela, ou seja ninguém a quer aqui.


E ela teve duas filhas que foram abandonadas junto a ela pelo seu ex namorado, que cansou de ficar com a quela louca - dei graças a Deus quanto ele ficou ciente disso, ele era muito legal - as duas filhas são gêmeas, Luana e Lizzie.



Lizzie é um amor de pessoa e todos gostamos dela, ela é uma das minhas melhores amigas. Mas Luana é o diabo em pessoa, ela é tipo a Morgan quando criança, vive tentando fazer mal aos outros. Ou seja, ninguém gosta dela também.



- Vamos dar uma chance a ela - tentou vovó


- Mamãe, me desculpa - tio Dimas foi o primeiro a se pronunciar - não vai dar, você sabe que ela é louca e que ninguém gosta dela.


- Por mim, deem uma trela somente nesse natal - pediu vovó



E então concordamos, pela vovó.



- E Luana vai trazer seu namorado - disse vovó empolgada


- Quem é o louco? - Trevis soltou


E todos começamos a gargalhar, mas vovó o olhou com reprovação e ele pediu desculpas, depois todos ficamos em silêncio segurando a risada.



- Eu vou subir para tomar um banho - avisei e me levantei do sofá



Subi as escadas e fui par ao meu quarto, precisava de um banho para relaxar e me conformar que teria que aguentar a chata da Luana o natal inteiro.



Depois do meu banho sequei meus cabelos compridos e me agasalhei por causa do frio, coloquei minhas pantufas quentinhas e sai do meu quarto ouvindo vozes, parece que tia Ellen voltou com meus primos do centro comercial.



Quando cheguei na sala, não estava só Ellen, Logan e Robert - meus primos, filhos de tia Ellen e tio Dimas - mas sim uma boa parte da familia, aquele bando de filho da vovó com seus filhos.


- Alicia! - gritou Logan e Robert junto correndo e me abraçando


- Vão me matar - reclamei quando estava sem ar já os fazendo me soltar



Cumprimentei tia Amélia e tio Paul que estavam ao lado se seus filhos - meus primos - Dylan e Caleb. Depois de falar com os quarto fui cumprimentar meu primo Ryan, o primo mais velho da familia.



- Ei gordinha - me abraçou


- Ei gordo! - o esmaguei


- Ryan Good gordo? - gargalhou - sou sexy - fez uma pose


E é mesmo!



Depois fui falar com o resto do pessoal, não vou citar todos porque são muitos.



Depois de horas já eram sete da noite, todos estavam acomodados em seus devidos quartos. A casa era muito grande, com muitos quartos, então coube todos e ainda sobrou quartos para os outros que vão chegar.


Resolvemos pedir uma pizza, quer dizer, umas dez para dar para todos ali presentes.



Depois que comi subi para o meu quarto, resolvi tirar minha mala de cima da cama de Lizzie - dividiamos o quarto nós duas - pois se ela chegasse de madrugada poderia dormir sem nenhum problema.


Me joguei em minha cama e liguei meu notebook, começando a fuçar no mesmo, até entrarem no meu quarto sem bater na porta.


- Não sabe bater na porta Ryan Good? - perguntei para o cara a minha frente que riu e se sentou ao meu lado



Guardei meu notebook e o encarei séria.



- Aconteceu alguma coisa?


- Não - respondeu sorrindo - só queria ficar um pouco com você, estou com saudades - fez um bico 



Sorri fofa e o abracei o enchendo de beijos até cansarmos.


- Como está vivendo em Paris? - perguntei


- Muito bom - sorriu - trouxe presentes, depois dou o seu - piscou 


- Como é na faculdade?



Ryan tem 20 anos, ele nunca conheceu seu pai e sempre morou com sua mãe, mas a dois anos atrás ela morreu de câncer, o que fez ele ter que morar sozinho. 


Mamãe ofereceu nossa casa mas ele não quis. E depois de dois anos  - atualmente - ele resolveu começar uma faculdade, ele gosta de moda, então está estudando essa área na França.


Ficamos conversando, ele me contou como era a sua vida na França e sobre a gatinha que estava pegando. Me perguntou como está sendo em Nova York e ficamos um bom tempo conversando, até resolvermos descer para o andar de baixo.



- Se vocês não fossem primos, diria que dariam um casal bonito - disse mamãe e todos rimos


- Fica quieta sua gorda - Ryan disse jogando uma almofada na minha mãe fazendo a mesma rir


- Gorda é a sua tia Louise! - disse ela se defendendo.



O que foi meio irônico, porque a única tia chamada Louise que Ryan tinha, era a minha mãe! O que fez todos gargalharem.



- Cadê o resto? - perguntei deitando na perna de minha mãe no sofá


- Jessie dormiu a pouco e a coloquei no quarto. Tio Paul e Amélia foram dormir por estarem cansados, tio Dimas e tia Ellen estão no quarto trancado a um tempo, se é que me entende - demos uma gargalhada - e o resto está por aqui - deu os ombros


- Quem topa um filme? - Dylan disse entrando na sala com pipocas e Caleb



Mamãe disse que ia dormir por estar cansada, então ela desejou boa noite e subiu as escadas. Vovó dormia a tempos, e vovô resolveu subir para dormir também. Todos os tios resolveram ir dormir, resumindo todos os velhos foram dormir.


Sobrando apenas eu, Travis, Ryan, Caleb, Dylan, Logan e Robert. O que me fez lembrar os velhos tempos, mesmo faltando Lizzie, Kayla e Brianna - minhas outras primas que provavelmente iriam vir.



- Daqui dois dias estaremos livres - disse Logan e o encaramos confusos - o que? vocês não sabem? - bufou - meus pais, tia Amélia, tio Paul e todos os outros tios que chegarem vão em bora, menos sua mãe - apontou para mim - e a tia Morgan - revirou os olhos.


- Meu pai vai vim para o natal - comentei 


- Aêêêê - comemoraram



Ficamos assistindo filme e depois fomos dormir, amanhã seria um longo dia.

3 comentários:

  1. VEMK RYAN GOOD SEU GOSTOSO AHSUAHSUAHSUAHSA medo das futuras psicopatas u.u CONTINUA EU AMEI
    ~~leticia

    ResponderExcluir
  2. Porque você parou logo agora? E como assim o Ryan Good é o primo dela. Que fodaaaa em. AAAAAAAAA QUE CAPÍTULO PERFEITO KRA nossa eu tava querendo te matar todo dia, hora, segundos via aqui ver se vc tinha postado e nada mas enfim ameeeei o cap sério saiu super fofo

    ResponderExcluir
  3. Amei o capitulo. OMG!! Ryan Good é primo dela, mas que inveja. O Justin vai ser namorado da Luana? Da prima que ela odeia? Já estou até vendo a confusão. Todos os primos são legais, menos a Luana, adorei kkkkk Realmente todos amam a tia Morgan kkkkkk. Parecem ser uma familia super unida. Eu ainda não entendi o que o pai dela faz. A mãe da Alicia me parece ser muito legal, daquelas mães que são suas melhores amigas. Essa estadia na fazenda da vovó promete. Estou ansiosa para o próximo

    ResponderExcluir